domingo, 17 de agosto de 2008

Manja che te fa benne!


Sempre gostei e frequentei um bom prato. Sempre preferi gastar meu dindim num belo e bom restaurante do que comprar uma calça jeans. E isso para alguns é uma heresia. Pra mim o contrário também é.

Depois que virei "homem cadeira", e isso já faz 3 anos, tem sido difícil encontrar um lugar bom e acessível.

Aqui na minha cidade, Jacareí, temos uma das melhores chopperias de São Paulo (deu na Vejinha), infelizmente não entro na mesa, meus joelhos ficam muito altos por conta da cadeira. Tenho que ficar de lado, tipo cunhado sem carteira. Também não consigo acessar o banheiro, muito apertado e nada adaptado.

Um outro restaurante que vende o melhor pintado na brasa da região, tem no estacionamento vagas pros malacabados mas não tem banheiro adaptado.

Ninguém pensa nisso, mas nós cadeirantes infelizmente acabamos tocando nos pneus, mesmo sem querer. E antes das refeições precisamos lavar as mãos, pai?
Nem na padoca perto de casa, onde comprei pão a vida inteira e tomei várias caixas de Skol, fizeram uma rampinha pra nóis!

Hoje fui a um restaurante, Cantina Gadioli, em Taubaté -SP. Tenho que fazer propaganda!
Vagas no estacionamento cobertas e adaptadas, rampas em todos os desníveis, mesas acessíveis e lógico banheiro adaptado.

Mas o melhor mesmo é o antepasto de beringela!!!! ECO!!!

7 comentários:

Jady disse...

esse eh um dos grandes problemas ! hehe

Fernanda Pereira disse...

Evandro...me deu até fome...

É, eu tenho reparado mais nessas coisas, e sempre que vejo , ou melhor que não vejo as adaptações, procuro dar um toque no gerente do local e etc...

Pelo menos em um desses lugares, aqui na minha cidade funcionou e veja é também uma Cantina italiana...cada vez tenhomais orgulho dos antepassados...ahahahaha

Beijos, boa semana

Eduardo disse...

Aqui no Rio está melhorando um pouco, pelo menos na questão das rampas. Quanto a banheiros adaptados, ainda tá difícil, muito difícil. Só na Barra é que a coisa melhora. Meu sonho de consumo é um pé sujo, daqueles bem populares mesmo, mas com banheiro adaptado! Se fosse limpo tb, aí eu enfartava de felicidade.

Jady disse...

sumiu ?!!!!!!

Juliana Carvalho disse...

É foda!!! Cansei de fazer xixi na copa quando a cadeira não passava pela porta do banheiro. Digo, um 'dá licença' que xixi de aleijado é diferente... e vamos em frente. Linquei teu blog no meu, ok?
Bjs Ju

Maurício disse...

olá não te conheço entrei por acaso no seu blogger.... sou um um amante da gastronomia assim como voce trabalho na cozinha e estou na itália e achei muito bonito a sua descrição de pessoa....e posso lhe garantir que quando abrir o meu restaurante irei observar todos os problemas que vc descreveu, como o acesso e conforto as pessoas com alguma deficiencia física. Continue com o seu trabalho de divulgação e expressão que é otimo para abrir os olhos das pessoas que "esquecem" esse assunto tão importante...abriu os meus olhos espero que consiga com muitos ainda...desejo muito sucesso!

EVANDRO disse...

Se consegui abrir os olhos de uma pessoa, já valeu a pena criar esse blog.
Abração e sucesso, eco?!?!?