sexta-feira, 30 de março de 2007

Não é brinquedo, não!!


Nessa vida "nova" que nos foi imposta, temos que viver e lutar pela nossa qualidade de vida.

Um simples colchão ou um sabonete mais suave, tudo isso conta muito para a nossa qualidade de vida.

Mas, o mais importante é o nosso estado de espírito. Se passarmos o dia todo pensando no "porque comigo?", "eu tenho pena de mim", "que merda de vida", nada vai melhorar, muito pelo contrário; mau humor causa infecção!!

Lógico que é difícil! O manco quer andar direito, o paraplégico quer mancar (meu sonho de consumo é um andador), o tetraplégico quer conseguir tocar a cadeira, e assim vai... temos que pensar que antes da gente, tem alguém pior querendo estar onde estamos.

Meu conselho a todos, tenho certeza que é o melhor remédio (enquanto não temos as células tronco), RIR, rir muito... ria de tudo, principalmente de vc e de suas limitações e de suas soluções também.

"Não é brinquedo, não!", mas a felicidade pode sim amenizar nosso sofrimento.

5 comentários:

lebonocchi disse...

É isso aí chara, continue com essa garra que você vai mais longe do que um ônibus ESPACIAL.

To me achando disse...

Arrasou.

Andre disse...

Kiko, muito bom isso que vc esta fazendo, e com certeza seu aprendizado esta cada vez maior, escrever sobre isso nos torna mais humanos e menos super-heróis, nos mostra que o que aconteceu com vc pode acontecer com qq pessoa, e nos alivia por saber como pode haver tanta garra dentro de um unico ser, conte comigo, sou seu fã e vc sabe disso, grande abraço

Jussara disse...

Que bom que a vida nos revela a nós mesmos o que temos e somos em essência. Amigo, você é o cara!! conseguiu com maestria isso...se conhecer e reconhecer. Somos muito mais do que o corpo nos limita a ser! Mesmo aqui de longe, torço muito por vc e pela ciência...e mais, pelos que ainda não se vêem em essência e estão presos aos que seus corpos lhes impõem.
Abração, parabéns pelo gesto humilde e grandioso de dividir conosco sua experiência.

alessandrasf disse...

Kiko, não sei escrever nada bonito, com palavras inteligentes, mas quero te dizer que o admiro muito e desde que tudo aconteceu, nunca deixei de trocer por você! A gente se conhece já faz um tempão, sei que você não vai desistir nunca, e nem deve. O que precisar, pode contar comigo, tá! Um grande abraço. Alê