segunda-feira, 6 de abril de 2009

Reatech, para rir e para chorar


Foram 4 dias de muito trabalho, perseverança e cansaço.
Quatro dias que ficarão na minha memória.
Para rir...
Presenciei uma discussão de mudos que jamais esquecerei...nossa, como eles são muitos! (é uma deficiência que não vemos ou sequer percebemos). Até aprendi algumas palavras em libras.
Para chorar...
Falta de sensibilidade de algumas pessoas que apontavam suas máquinas digitais para o menino que vive deitado de bruços (pintando quadros e vasos com a boca) como se fosse uma atração circense.
Para rir, chorar e aprender....
Fui ao banheiro químico adaptado (uma bosta, mas é melhor que nada) e ao abrir a porta encontro um deficiente visual em pé e estático, com o rosto apontado para um dos lados desse caixote esperando que alguém abrisse a porta (dez minutos de espera). Após o susto que levei, ajudei-o a sair e aprendi com ele que como é fechado, sem ventilação e quase sem som, o deficiente visual acaba perdendo suas referências.
Outra...numa feira como essas, cheia de malacabados, a deficiência é um "acessório" meio que obrigatório. As pessoas analisam e fiscalizam umas as outras para descobrir qual deficiência você tem. Coisas da Reatech.

Que bom ter conhecido pessoas especiais como a Cybelle (Deficiente Alerta); Gloria; Maysa; Jairo (Assim como você); Sam (Lesado e Meio); Daniel (Reflexão sobre rodas); Ana (Recife); Eduardo e Bianca (Mão na Roda); o João e o Renato
("Como ir"); Renny e Rayan (grandes recentes amigos). Em tempo, Leandro Kadeira (figuraça).
Mas o melhor da feira...
Uma senhora me procurou no sábado a tarde, simplesmente para me abraçar. Ela tinha comprado uma camiseta no stand da "Como ir" (grandes parceiros nas vendas das camisetas), e queria saber quem era a pessoa que tinha criado aquele desenho que a emocionou. A ideia foi lançada e atingimos nosso objetivo, tocar o coração.
Valeu MUITO a pena!

Vamo que isso é uma festa!


11 comentários:

May disse...

Oi meu querido e agora real!!! pra mim foi imenso o prazer poder abraçar vc e sua simpatica esposa la na feira. Como vc msm comentou, parece ate q ja nos conheciamos ha muito tempo. A reatech é a descrição do mundo matrixiano rss, onde o diferente ali é ser normal rss, e é ai q as pessoas se perdem, nao sabem o q fazer e nem como ajudar da melhor maneira. Ja tive em todas as edições da feira e digo e ela vem melhorado ano apos ano, graças a Deus!!! A cena do menino deitado eu tbm vi... :( Beijo abraço e agora a dominação do mundo ja esta uniformizada eeeeeeeee

Anônimo disse...

Oi, irmãozinho!!

Estou muito feliz com tudo o que está acontecendo. Quisera eu não ter precisado fazer o que fiz.
De qualquer forma, o que sabemos da vida?? Desde que se acidentou, o dom de provocar emoções está aflorado em você. Parabéns pelas conquistas, vindas às duras penas.

Te amo.

Sandro.

EVANDRO disse...

Cai.
Esse negócio de dom não está aflorando. É que antes do acidente, passava longe da caneta, dos livros, internet e tudo mais....

Tia Crê (Sinhá Clementina) disse...

Dispois ocê conta pa nóis como é que foi a discussão dos surdos.

Eduardo Camara disse...

Ei! Será que eu vi esse abraço ou estou viajando? E foi muito bom te conhecer pessoalmente! Cara, uma pena que o tempo era curto e não deu pra conversarmos mais. Espero poder encontrá-lo em breve e de preferência tomando uma cerveja (ou vodka, ehehe). Anota meu msn: eduardocamara@hotmail.com. Abração!

Glória Maria disse...

Evandro, foi uma delícia conhecer vcs pessoalmente, pra mim foi o melhor da feira rs. Reforço o que vc e a Maysoca falaram, parecia que já nos conhecíamos há muito tempo. Também notei que os deficientes ficam analisando os outros deficientes...e sobre o rapaz deitado, também vi muitos flashs em cima dele, sem comentários. As camisetas já estão fazendo sucesso!. Valeu!!! Beijos carinhosos.

leandrokdeira disse...

Olá Evandro,prazer foi meu ter te conhecido.As camisetas tao fazendo sucesso!Fiquei curioso sobre a discussao dos surdo...rs!
Abraços

Cybelle Varonos disse...

Oi lindo, foi bom demais ter conhecidos vcs na feira, o carinho só aumentou, agora q somos amigos de verdade....rsrsrsrs
Precisamos marcar de nos encontrar com mais calma, para podermos conversar, afinal como disse a Maysa, a dominação já esta uniformizada!!!
Bjokas

Sam disse...

Grande prazer em te conhecer Evandro, vamos que vamo divulgando os mamulengos. Tô achando meio sem ambição esse negócio de dominar o mundo, porque não o universo?
Parabéns pelo trabalho, se utilizar msn me adiciona lá alerife@hotmail.com
Abraço

Jairo disse...

Bob, essa do cego valeria um post exclusivo... caraaaca... Foi muito bom poder te dar um abraço e confirmar aquilo que a gente já sabia... "tamojunto"!! E cada vez mais brother..

Luis Daniel disse...

Chuck Norris, foi um prazerzasso te conhecer e concordo com o Jairo, a do cego merecia um post só pra ele, ah to a espera do post da camiseta, pq os cadeirantes nao compram as camisetas??? ]ah eu peguei o msn do eduardo aqui nos comments ta?
Abração