quarta-feira, 6 de maio de 2009

Da digital para a impressa

Depois de me presentear com os seus comentários, com a divulgação das minhas camisetas nos EUA, com um "esticator tabajara"(uma mão de alumínio que me auxilia em casa)... Silvia Dutra, minha amiga virtual que vive nas terras do "Obamis", aprontou mais uma. Ela, que é jornalista, e que escreve para uma revista que circula por um bairro bacana de São Paulo, divulgou o meu blog no perfil da edição do mês de maio.
Confira abaixo, é só clicar na imagem que ela ficará grandona.



Amigos a gente não escolhe, é escolhido.
Silvia, muito obrigado e um grande beijo no seu coração!

15 comentários:

Jairo disse...

O que eu adoro na Silvetz é que ela entra chutando a porta. Ela faz. Ela se compromete, ela realiza. Silencionamente, essa minha querida amiga tem feito um trabalho que me enche de orgulho e me faz ser fã a cada dia mais do caráter e da inteligência que ela tem. Reportar o seu novo projeto de forma tão sensível e bem escrita, Bob, não me supreende. Vc merece e ela tem meus aplausos.

renata disse...

Evandro parabéns você merece. beijos

camila disse...

Ficou ótimo! parabéns para a silvia e beijo pra vc.

Silvia Dutra disse...

Obrigada Evandro pelas palavras gentis. E Jairo, you made my day baby, um elogio vindo do chefe de reportagem de um grande jornal é muita areia pro meu caminhãozinho...ha ha ha...amei!
Bjks pra todos

www.pessoacomdeficiencia.com disse...

Muito legal e merecido, parabéns...

Camila Mancini disse...

Evandro, acabei de conhece-lo e já gostei muito de ti...
Com certeza você faz a diferença na sociedade. Neste mundo de inclusão, muitas vezes, nos deparamos com tantas pessoas "trabalhando" esse tema de fundamental importancia, para auto-promoção.
Fiquei feliz de saber, que se dedica com afinco e sinceridade pela causa.
Parabéns para Silvia pela linda matéria!!!

Beijos

Rodrigo Almeida disse...

Evandro, muito boa a matéria. Parabéns a Sílvia e a vc tb, pela sua determinação e força de vontade.

E vamos à luta!

Abraços.

Lak disse...

Belissima entrevista. Impossivel não se emocionar (e aparentemente, não usar frases prontas pra elogiar tb).
Tentei imaginar o tamanho da sua dor, depois do acidente. Deve ser como a dor que tive, ao perder a audição, aumentada em 1000 vezes, porque adulto sofre mais com as perdas. Ainda mais homão pronto que nem você.
Penso que essas coisas não acontecem em vão, alguém precisava fazer barulho e, (in)felizmente, fomos nós os escolhidos.
Que bom que você encontrou motivos de sobra pra continuar e continuar sempre!!
Ficando famoso, heim!? Demais!!
Grande beijo e parabéns!!

Sam disse...

Muito boa a matéria, parabéns! Estas histórias servem de incentivo pra muita gente que desanima com essa situação. Espero que seus planos se realizem e vamos divulgar nosso símbolo pelo mundo afora!
Abração

May disse...

Que linda a materia! Parabens a Silvia e sucesso a vc Evandro... todo o sucesso merecido!! Beijos

Isa Grou disse...

Olá Evandro,

Muito prazer sou Isa Grou, parabéns pelo teu espaço e pela bela iniciativa das camisetas, viu!
Já sou um de seus "seguidores" a algum tempo... sabia que temos amigos em comum?? O Jairo e a Silvia Dutra.

Mais uma vez parabéns e parabéns também p/ Silvia pela belíssima matéria!

Se vc pude ir conhecer o meu espaço e as minhas idéias, saiba que será muito bem vindo.

Beijos.

Eduardo disse...

A matéria ficou maneirona!

Sun Melody disse...

Evandro, aproveitei o meu tempo para te conhecer um pouquinho melhor, e não é que encontro semelhanças? Em especial por Design Gráfico e para além de possuirmos uma deficiência em particular e como pessoas conscientes das limitações, contrariamos prognósticos!!

Vivemos a vida da melhor maneira possível, derrubando barreiras com enorme prazer!

Beijo
Sun Melody

Marli Cassiano disse...

Evandro,
Já tinha passado pelo seu blog, mas não tinha lido sua historia. "História" - as pessoas dão esse nome quando você é normal e tem um "treco" e vira um "deficiente". Que bom que você não precisa desses "bordões", porque a vida, como dizem "Os Melhores do Mundo", a vida é uma caixinha de surpresas, quando você se depara com a dependência, com a imobilidade, sei que o primeiro pensamento é desistir, para quê continuar?
Pelo pouco que li já sei que você é do tipo dos que fazem, planejam, concretizam. Apesar do "acidente inicial" continou sendo você, virou só uma esquina, alinhou a nova rota, aproveitou o novo sentido com certeza enviado por Deus. Aprendeu, melhorou e agora espalha para os seus e para o mundo o quanto somos capazes e normais, com dificuldades pela falta de apoio governamental e excesso de preconceito em alguns setores. Que bom conhecer você, algum dia a gente se esbarra por ai, afinal, estamos "tocando a vida sobre rodas".
Abraços,
Marli.

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

parabéns pelo blog... muito legal.

todos tem que ter a iniciativa.

temos que tornar o mundo mais justo par todos